Escola dos Servidores - Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso

Notícias

A- A+

Comitê Multi-Institucional é instalado no sistema judicial

 

Na manhã de segunda-feira, 11 de abril, foi instalado o Comitê Multi-Institucional composto por instituições do Poder Judiciário e entidades de classe. A criação do Comitê é uma iniciativa histórica para Mato Grosso e o objetivo desse projeto é promover a reestruturação do sistema judicial do Estado com ações estratégicas integradas para melhorar e ampliar as condições dos serviços prestados à sociedade mato-grossense.

 

“Precisamos diagnosticar e discutir os problemas de estrutura do judiciário de Mato Grosso e propor medidas para solucioná-los, de forma a garantir a integridade social”, afirmou o corregedor-geral da Justiça, desembargador Márcio Vidal, idealizador do Comitê.

 

 

Vidal lembra que a necessidade de mudanças não se restringe ao sistema judicial de Mato Grosso ou ao do Brasil e frisa que as transformações estão sendo exigidas em todo o mundo. “Vivemos a sociedade da globalização e da urgência. E essa sociedade exerce pressão sobre o aparato estatal, que deve atuar com destreza, transparência e celeridade”.

 

 

Para o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho, esse é o momento para a reconstrução da imagem do judiciário perante a população. “Se não nos reorganizarmos agora, não vamos caminhar com a celeridade necessária. Creio que a instalação desse Comitê já representa uma medida para atender a uma das demandas da sociedade, de tornar mais transparente as ações da Justiça”.

 

 

“Hoje é um dia histórico porque mostra que estamos profissionalizando a gestão judicial e a OAB estará presente no Comitê, contribuindo para o aperfeiçoamento das instituições”, disse o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Mato Grosso, Cláudio Stábile Ribeiro.

 

 

O corregedor-geral do Ministério Público, Mauro Viveiros, destacou a iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça. “Pela primeira vez chegamos à conclusão de que todas as entidades pertencem a um mesmo sistema judicial, por isso estamos dispostos a contribuir, participando efetivamente do Comitê”.     

 

 

Logo após a instalação do Comitê, ocorreu a primeira reunião para a criação de três grupos de trabalho que deverão contar com um representante de cada instituição e entidade parceira do projeto. Cada grupo será responsável por levantar informações e dados sobre um assunto específico e elaborar um plano de ação.

 

 

Os trabalhos serão focados na reestruturação organizacional dos setores, divisões e departamentos que compõem o Sistema Judicial para atender a crescente demanda, na integração das decisões e atuação entre os setores públicos e na reconstrução da imagem do agente público.

 

 

Integram o Comitê Multi-Institucional as seguintes instituições e entidades: Corregedoria-Geral da Justiça, Tribunal de Justiça, Corregedoria-Geral do Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso, Corregedoria-Geral do Tribunal Regional do Trabalho, Corregedoria-Geral do Tribunal Regional Eleitoral, Corregedoria-Geral da Defensoria Pública, Procuradoria Geral do Estado, Associação Mato-grossense dos Magistrados, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e Escola dos Magistrados.

 

 

Assessoria de Comunicação CGJ-MT